Tudo sobre Jericoacoara – CE

Lagoa do Paraíso - Jericoacoara, CE

Passei o carnaval deste ano (2013) em Jericoacoara, CE. E que adorável surpresa que eu tive deste lugar!!! Achei um pedacinho do paraíso ali e vou compartilhar tudo que é necessário saber para aproveitar o máximo dessa antiga vila de pescadores.

Neste carnaval fiz uma coisa que eu não costumo fazer. Foquei na companhia e nada no lugar. Decidi que queria muito passar o carnaval com o meu namorado e com as minhas amigas e bastava isso. Quando soube que as minhas amigas iam para Jericoacoara, fechei a viagem, comprei as passagens para os dias que eu podia (sexta de carnaval até quarta-feira de cinzas), reservei o hotel e só. Nem pesquisei muito sobre o lugar. Já tinha colocado na minha cabeça que eu faria o que a turma quisesse.

É claro que eu já tinha ouvido falar em Jericoacoara, principalmente pelo fato dela estar no ranking das 10 praias mais bonitas do mundo. Mas eu não levo muito a sério estes rankings não. Afinal, sou carioca, nasci e moro a poucos passos de praias paradisíacas, e não é fácil uma praia me deixar de boca aberta. Mas assumo logo: Jericoacoara me deixou de queixo caído!!! Que lugar mais maravilhoso! Todo mundo tem que ir algum dia!

Jericoacoara era uma antiga vila de pescadores, que conseguiu preservar este ritmo tranqüilo (não existe asfalto! É tudo areia. Areia fofa.) e conciliar com estabelecimentos que surgiram com a demanda de turistas, mas que apresentam toda uma arquitetura bucólica, charmosa e aconchegante. Pensei que isso não era possível, mas em pleno carnaval eu vivi verdadeiros dias de paz e tranqüilidade numa cidade nordestina.

 Como chegar:

Acho que toda esta calmaria se deve ao fato do acesso ao vilarejo ser muito precário. Ele fica à 300km de Fortaleza, sendo que os últimos 20km só são possíveis fazer com veículo com tração nas quatro rodas (é uma grande duna de areia). O município mais próximo de Jericoacoara é Jijoca (280km da capital). O asfalto só vai até Jijoca. Achei a estrada boa. É uma reta toda vida.

As formas de se chegar a Jericoacoara são:

  • Fechar o transporte com a pousada que você vai ficar. Foi isso que eu fiz. Um 4×4 com capacidade para 4 pessoas saiu R$900,00 (ida e volta), ou seja, R$225,00 por pessoa.
  • Ir de carro. Para isso é mais seguro ir de 4×4. Chegar até Jijoca é muito fácil. De Jijoca até Jeri fica quase impossível fazer sozinho, pois é duna de areia e não tem sinalização alguma. Recomendo contratar um local para te orientar neste trecho. Este serviço é muito comum naquela área.
  • A forma mais econômica de se chegar em Jeri é através de um ônibus que sai do aeroporto, passa na rodoviária e vai até Jijoca (R$58,00). A empresa que faz este trajeto é a FretCar. De Jijoca continua viagem com uma “jardineira” (veículo 4×4 adaptado).

Chegando em JericoacoaraÉ interessante como se chega a Jericoacoara. Você está sacolejando dentro do carro, não vê nada de um lado nem do outro, além de dunas e burros selvagens. E de repente… Você enxerga uma quase miragem… O mar e uma cidadela super rústica no horizonte. É incrível. Quanto mais o carro entra pela cidadela, a simplicidade é substituída pelos estabelecimentos com arquitetura planejada de tal forma que se mistura com a natureza do lugar. Como disse, a cidade é um charme.

Mapa de Jericoacoara

 Onde ficar:

Apesar de pequena, Jericoacoara não deixa a desejar em quesito hospedagem (e em qualquer outro quesito, por sinal!). É possível encontrar de tudo lá! Tem desde albergues, até resort (nada muito grande), não deixando de lado também as pousadas boutiques.

Dicas para escolher bem o lugar: A vila é muito pequena, então, não tem como ficar muito longe de nada. Mas se você for escolher, prefira ficar perto do mar. Na orla existem várias possibilidades de hospedagem. Quanto mais perto da Duna do Pôr-do-sol mais tranqüila é a região, quanto mais longe, mais movimentada e badala é (tendo aulas de stand up paddle – SUP, surf, windsurfe, etc. no Clube dos Ventos e barzinhos tocando música durante o dia). Além da orla, é super tranqüilo ficar nas ruas de dentro, aonde há o movimento noturno. Não se engane se você acha que só por ser uma antiga vila de pescadores você não vai encontrar movimento, porque lá tem muito movimento. Quem quiser, rola forró até as 5h da manhã.

Casa na PraiaComo estávamos no clima de romance, decidimos ficar numa pousada boutique localizada na orla, próxima da duna do pôr-do-sol, chamada Casa na Praia. A pousada é simplesmente linda, adorei a sua localização (dá de cara para o mar e fica do ladinho da rua principal) e o pessoal (staff) é muito simpático. O quarto também é bem aconchegante. Esta pousada é perfeita para casais! Super recomendo! O dono dela é o mesmo dono da Casa de Areia, que fica ao lado.

O hotel mais chique de Jeri é o My Blue Hotel (ex-Mosquito Blue). Eu cheguei a entrar para conhecer lá dentro e ele realmente é maravilhoso! Um charme, aconchegante, alto nível, tudo o que um hotel à beira da praia deve ter. O único problema é o preço.

Uma boa opção para quem está indo com a família, principalmente se tiver crianças, é a Pousada Capitão Thomaz. Outras pousadas que me foram bem indicadas e que vale uma olhada são: Pousada Naquela, Pousada Jeribá, Vila Kalango, Araxá e Chili Beach.

Um ponto muito negativo de Jericoacoara, que não tem muito como fugir, são as pererecas. Isso mesmo! À noite elas saem das suas tocas e ficam paradinhas do lado de fora. Parecem estátuas e são inofensivas. Mas eu tenho um nojo danado de sapo, ainda mais das pererecas, que são sapos enormes. Então, se tiver opção, prefira pegar quartos no segundo andar (foi o que eu fiz). Amigas minhas que foram e ficaram no primeiro andar tiveram a desagradável experiência de encontrar perereca dentro do banheiro. Imagina o susto!

 O que fazer:

Não tem muito erro do que fazer em Jericoacoara.

Passeio de bugreOs passeios de bugre saem sempre com um grupo de 4 pessoas, além do motorista. Quem nos indicou o bugueiro foi a própria pousada e tivemos sorte, pois ele foi muito atencioso e pilotava muito bem (Ele se chama Manelim).

Lá existem dois passeios de bugre muito conhecidos que duram o dia inteiro (fizemos os dois). Custou R$160,00 cada passeio (R$40,00 para cada um) e não incluem almoço:

  • Passeios pela Lagoa Azul e Lagoa do Paraíso –> É impressionante! Este é um passeio que você não pode voltar sem ir. Em Jericoacoara, o legal não é a praia, mas, sim, as lagoas! E se eu puder te dar mais uma dica, reserve um bom tempo para o Sítio Verde! Foi o melhor lugar do dia. Neste passeio também vimos a “árvore de lado” (interessante espetáculo da natureza, já que venta muito naquela região).
  • Passeio pela Lagoa de Tatajuba –> A Lagoa de Tatajuba é bem mais ou menos (principalmente se você tiver ido no dia anterior na Lagoa do Paraíso, como foi o meu caso). O legal deste passeio não é o destino, mas, sim, o percurso. Fizemos um passeio para achar cavalos marinhos (que acabou sendo meio furada, porque não vimos nada), atravessamos um rio com o bugre dentro de uma balsa à remo (nessas horas que eu digo que Deus é brasileiro! Maior adrenalina!), passamos pelo mangue seco (que me impressionou bastante pela beleza) e atravessamos várias dunas no esquema “com emoção” (nesta hora que eu vi a habilidade do nosso bugueiro!), antes de chegar na Lagoa de Tatajuba.

Além dos passeios de bugre vale muito a pena:

  • Conhecer a famosa Pedra Furada –> tem como ir de bugre ou triciclo (é só alugar na cidade), tem como ir de charrete (forma mais tradicional de fazer o passeio), mas tem como ir a pé também. Fomos a pé. Na ida fizemos o caminho mais longo, mas o mais bonito. Fomos caminhando pela orla de manhã bem cedo, para evitar o sol forte, e levamos muita água (não tem NADA no caminho, mas na Pedra Furada sempre tem um carinha com isopor vendendo bebida.). Levamos cerca de 2h para chegar à Pedra. A vista no caminho é muito bonita, mas a caminhada é puxada, porque você anda o tempo todo em areia fofa! Na volta, estávamos exaustos, e voltamos por cima. A vista não é bonita, mas em 20/30min estávamos na pousada novamente. Como fomos cedo para a Pedra, tivemos o privilégio de chegar antes da multidão de turistas! Isso foi recompensador.
  • Praticar Kitesurf –> Se você tiver alguma curiosidade de praticar Kitesurf você está no lugar certo!!! Jericoacoara foi eleita a melhor região para praticar este esporte. É uma febre no local. O pacote para um iniciante sair de lá sabendo praticar Kitesurf é de três dias de aula. Não me lembro quanto era, mas a aula era bem salgada, já que eles fornecem o material e o professor é exclusivo para você. Nós não fizemos nenhuma aula por falta de tempo (só tive 4 dias no paraíso, sendo que apenas 2 dias inteiros, os outros foram no dia da chegada e de saída). Mas tivemos um amigo que fez uma aula e amou!!!! Ainda voltarei para Jeri para fazer essas aulas. 😉 Obs.: A melhor época de Kite é de julho a novembro.
  • Assistir o pôr-do-sol na Duna do Pôr-do-Sol –> Apesar da gente ter se hospedado ao lado dessa Duna, ficamos com maior preguiça de subir nela. O pôr-do-sol estava tão bonito na sacada da nossa pousada… Preferimos ficar no nosso camarote. Mas, sem dúvida alguma, subir a duna é um evento! Várias pessoas sobem todos os dias e algumas descem fazendo “sand bunda”.

Existem mais algumas outras atrações para se fazer, como andar a cavalo, praticar SUP (stand up paddle), não fazer simplesmente nada (pude fazer isso no primeiro dia, assim que chegamos, e vale muito a pena!), etc., mas as atividades descritas acima são as principais.

Onde comer:

Além dessas atrações tradicionais, o que me surpreendeu muito em Jericoacoara foi a gastronomia. Eu pensava que eu ia encher o bico de peixe, mas mero engano!!!! Tem de tudo lá e tudo de muita boa qualidade. Não sei o por quê, mas existem muitos europeus, chefs de cozinha, que resolveram largar tudo que tinham na sua cidade e começar a vida em Jeri. Não estou falando que esta cidade é um pedaço do paraíso?!

Os restaurantes na cidade só abrem á noite. Durante o dia a cidade parece terreno baldio e o movimento fica concentrado nos bares e restaurantes da orla. Eu, infelizmente, só tive três noites na vila, mas todos os restaurantes que visitei foram aprovados. Vamos a eles:

  • Leonardo da Vinci –> O restaurante italiano na Rua Principal se destacou para mim por causa da sua beleza! Ele fica numa casinha de madeira, com flores trepadeiras na sua entrada, e iluminação à luz de vela. Fui quase hipnotizada por esta cena e resolvemos estrear o nosso primeiro jantar lá. Comemos uma boa pizza, mas nada diferente das excelentes pizzarias do Rio de Janeiro.
  • Chocolate –> o Restaurante Chocolate tem a fama de ter o melhor petit gateau de Jericoacoara. Nós jantamos risoto de camarão, que estava muito bom, e como não podia deixar de ser, experimentamos o tão famoso petit gateau. Repito, como no Leonardo da Vinci, o petit gateau realmente era bom, mas nada diferente do que eu já comi nos restaurantes do Rio.
  • Tamarindo –> Este foi um dos melhores restaurantes que eu comi na minha vida!!!! Nunca tinha experimentado uma comida tão gostosa!!!! Só lamento ter conhecido ele no último dia. Se eu soubesse, não teria coragem de comer em outro. Na próxima vez que eu estiver em Jeri, sem dúvida alguma, vou comer lá todos os dias. A comida é magnífica!!! Eu comi um simples peixe na chapa com risoto de alho poró e foi o risoto mais gostoso que eu comi na vida. A minha amiga pediu um filet mignon com batata baroa rostie e os dois derretiam na boca. Inacreditável! Quem diria que naquele fim de mundo eu teria experiência gastronômica tão inesquecível. Não me contive e fui perguntar da onde era o chef e descobri que o chef era de Jijoca mesmo!!! Incrível!

Lagoa do Coração - Jericoacoara, CEE assim, a minha viagem para Jericoacoara acabou… Com muito gostinho de quero mais!!!

Quando ir:

Para você que não sabe quando ir para lá, não se preocupe, não existe época ruim para ir para Jericoacoara. Chato, não?! Você pode até tentar escolher a época que tem as melhores paisagens para o seu gosto, mas nada mais além disso.

Lagoa do Paraíso - Jericoacoara, CEO período de chuvas vai de março a maio. Então, se você quiser ver aquelas lagoas entre as dunas cheias d’água vá a partir de junho. Na época que nós fomos (fevereiro), por exemplo, não tinha nem sequer uma gota d’água. Era até difícil imaginar uma lagoa ali. As famosas Lagoa Azul e a do Paraíso permanecem cheias o ano inteiro, não se preocupem.

Já os ventos fortes sopram de julho a novembro, sendo a melhor época para quem gosta dos esportes com vento (windsurfe e kitesurf). Mas quando fomos, em fevereiro, o vento estava ótimo também (foi atípico, disseram os locais).

No período entre 15 de junho e 15 de agosto, o pôr do sol se encaixa perfeitamente dentro do furo da Pedra Furada.

Dica 1: Meninas, não levem sandálias e muito menos salto altos. Meninos, podem dispensar o tênis. Vamos colocar os nossos chinelos mais bonitos para jogo e é mais do que o suficiente. Como eu disse, a cidade é toda de areia. Não existe asfalto, paralelepípedo, pé de moleque, nada dessas coisas. Pode parecer chocante isso agora, mas lá faz todo o sentido! Acreditem em mim!

Dica 2: Me arrependi de ter ficado tão pouco tempo. Gasta-se muito tempo e dinheiro se deslocando para chegar e sair de Jeri. Eu aconselho ficar, no mínimo, 4 dias inteiros por lá (sem contar a chegada e a saída). O clima é muito agradável.

Dica 3: Se você tiver muito tempo sobrando, é possível emendar Jericoacoara com Lençóis Maranhenses, passando pelo Delta do Parnaíba. Existem agências de turismo que fazem isso. Verifique o valor. Eu sei que o valor é salgado, mas vale muito a pena. Para não ser muito cansativo, você pode comprar a passagem da voltar por São Luis e não Fortaleza. Fazendo os dois na mesma viagem, você precisaria de uns 10 dias, no mínimo.

Lagoa do Paraíso - Jericoacoara, CE

Anúncios

24 respostas em “Tudo sobre Jericoacoara – CE

  1. Pri,realmente Jeri é um pedacinho do paraíso,tive o prazer de desfrutar dessa paraíso nas minhas férias de julho deste ano, e indico pra todos,pois vale a pena…um dos destinos que voltareiii….

  2. Voltei a Jeri no mês passado, depois de quase vinte anos, e confesso que ao contrário do que pensei a Vila continua encantadora. Recomento o Restaurante Dona Amélia, onde comemos um camarão no abacaxi, simplesmente delicioso.
    E por conta do deste site, Pri, em setembro estarei visitando Boipeba. Não vejo a hora!!!

  3. Oiii Pri, estou indo a Jericoacoara pela primeira vez, e estou cheinhaaaa de curiosidade sobre tudo lá, gastronomia principalmente e preço, as coisas la são muito caras???
    me da uma luz por favor!!! quero chegar la mais ou menos instruída!!!!

  4. Queria muitooo conhecer um lugar desses,porém ganho pouco e acho que por enquanto ficarei só na vontade…mais muito OBRIGADO por dividi essa linda paisagem com pessoas com eu…que Deus ti abençoe e você posso voltar a esse paraiso brevemente e a tantos outros que lhe for oportuno…PAZ

  5. Sempre quis conhecer Jeri , ainda vou é um pedaço do paraíso. Será que consiguo aluguar um quarto mensal , se alguém souber e puder me responder eu agradeço bjs Jeri.

  6. Queria muito seu contato para tirar umas dúvidas sobre Jeri. Quero ir com minha namorada de surpresa (é um sonho dela conhecer Jeri). Me manda uma mensagem no whatsapp?
    71-988002030

    • Oi, Larissa. Tudo bem? Desculpa a demora no retorno. Não sei os preços atualizados. Eu estive em Jericoacoara no carnaval de 2013. Quando eu fui o passeio de um dia inteiro de bugre era R$ 160,00 (para 4 pessoas, ou seja, R$ 40,00 por pessoa) e tinham opções de todos os gostos e preços em Jeri. Acredito que os preços tenham aumentado, principalmente agora com a construção do aeroporto por lá. Já até ouvi falar que estão querendo passar a cobrar uma taxa de entrada, como já ocorre em Morro de São Paulo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s