Equipamento de Trekking – 1ª Parte – Vestuário

Muitas pessoas querem começar a praticar trekking, mas não sabem nada sobre o que e como levar e, as vezes, perdem a coragem logo nesta primeira etapa. Por isso, estou escrevendo este post para incentivar a todos a entrarem neste mundo apaixonante, onde você só tem que se preocupar em admirar a natureza e colocar um pé na frente do outro. Mas para chegar aí, é necessário planejamento e investimento!

Se você for como eu, ou seja, quer estar equipado pelos melhores materiais do mercado, este início será dispendioso. Mas vale a pena! Acredite! O lado positivo é que quase todos os materiais duram anos, anos e anos. Eu iniciei as minhas atividades em 2001, subindo a Pico da Bandeira, e quase todos os materiais daquela época me acompanham até hoje.

Vamos ao vestuário:

NIKE_Dri_FIT

  • Camiseta com material dryfit – este material tem a capacidade de afastar a umidade para longe do corpo do atleta e evaporá-la, mantendo o atleta seco e refrescado.
  • Top (para as mulheres) – o mais confortável possível.
  •  Calças-bermudas – são calças versáteis, pois são dois em um, diminuindo a quantidade de roupa a ser carregada. Geralmente são de materiais sintéticos, de micro fibra (ex.: Supplex). Este material torna a calça mais leve do que as calças convencionais, facilita a transpiração, garantindo maior conforto térmico, secam rápido e tem grande durabilidade. calça  Também há possibilidade das calças virem com proteção de “cordura”, que servem para minimizar o impacto e o atrito, principalmente na canela, joelho e nas nádegas.
  • Meias frescas – É muito importante investir em boas meias para manter o pé seco e evitar formação de bolhas. Se o pé estiver molhado, a pele vai ficando mais fina, mais delicada, o que provoca as bolhas. Por outro lado, em lugares mais frios, o acúmulo de suor deixa o pé gelado. Eu uso as meias da marca Coolmax e sempre me serviram muito bem.meias
  • Bota ou tênis de trilha – este é o momento que você deve prestar mais atenção para ter uma futura viagem bem sucedida. Não se esqueça que os pés farão todo o trabalho duro da viagem. E por isso devem ser bem tratados. Eu já tive bota e tênis e, hoje, eu prefiro o tênis de trilha. O solado de ambos são bem similares. A grande diferença está no peso e na maior estabilidade. O tênis é mais leve do que a bota. No entanto, a bota, por ter cano alto, protege melhor os seus tornozelos de torções. A melhor marca, para mim, é a Salomon. Sou super fã da marca e não troco por nada.

Provavelmente, você vai caminhar somente com estas peças de roupas. Por isso, invista, preferencialmente, em roupas de cores claras para absorver menos calor. Já à noite ou em caso de caminhadas em lugares mais frios, você precisará das seguintes peças:

  • FleeceFleece –  além de ser leve e ocupar pouco espaço, é capaz de reter o calor produzido pelo corpo mesmo quando está molhado, sendo o melhor casaco para proteção contra o frio. Esse material seca rápido e suporta muito bem várias lavagens. Alguns fleeces já vem com um material que também protege do vendo. Esses são excelentes!
  • Polar Fleece – é a mesma coisa do de cima, só tem uma maior espessura, resistindo mais ao frio. Quando o lugar é muito frio, eu levo os dois.
  • anorakAnorak – Essencial. Será o seu melhor amigo nos momentos frios. A sua função não é esquentar, mas é proteger contra o vento. Atualmente, quase todos já vem com proteção contra a chuva, servindo, também, de capa de chuva. Algumas vêm com material Gore-tex, que permite que o suor saia do interior da roupa ao mesmo tempo em que ela se mantém impermeável, mas isto costuma encarecer a peça. Só é recomendado para temperaturas negativas.
  • Roupa térmica (segunda pele) – é uma roupa de tecido sintético bem justa que tem a função de eliminar o suor da pele e manter o corpo aquecido.
  • Touca e luvas – de preferência com material de fleece.

Estas peças que eu acabei de descrever devem ser vestidas por camadas (modo cebola). A primeira camada (segunda pele ou roupa térmica) é responsável pela transferência de suor para a superfície externa do tecido através da vaporização, deixando a pessoa mais seca e confortável. A segunda camada corresponde as peças que são responsáveis pela retenção do calor (fleece), deixando apenas escapar o vapor do calor. Já a última e terceira camada (anorak) serve para barrar o vento, além de proteger contra a chuva.

Com essas peças você já consegue fazer uma boa caminhada, mas para ficar perfeito ainda faltam os acessórios:

  • papeteChinelo ou sandália tipo papete – excelente para descansar os pés depois de um longo dia de caminhada. Eu prefiro papete ao invés de chinelos por dois motivos principalmente: (i) me permite que usar meia e (ii) é excelente para fazer as travessias de rios, aonde você não quer escorregar nas pedras e nem quer/pode molhar o seu tênis/bota.
  • Toalha Dry Lite – essas toalhas são o milagre da natureza! São excelentes e difíceis de acreditar que secam, mas, acreditem em mim, elas SECAM sim. As vantagens delas são óbvias: muito leves, ocupam quase nenhum espaço e secam rapidamente.
  • toalhadryliteChapéu ou boné – o mais recomendado dos chapéus é aquele que lembra o Indiana Jones , porque protege as orelhas. Eu já tive queimadura na orelha porque fui querer ficar bonitinha com boné. hehehe Abre o olho com isso!  😉
  • Protetor solar
  • RepelenteRepelente – o mais recomendado é o Exposis Extreme.
  • Canivetecanivete
  • Kit pequeno de primeiros socorros – esparadrapo, remédios para dor de cabeça, enjôo, diarréia e anti-séptico não podem faltar. A dica é colocar o esparadrapo no local antes de formar a bolha, quando ainda estiver naquele estágio de vermelhidão.

E é claro jamais esquecer de levar:

  • CamelBakGarrafa d água – dê preferência para as garrafas térmicas. Outra opção que eu sou bastante adepta ao camelbak, aquele sistema de hidratação que a gente carrega dentro da mochila e bebe através de uma mangueirinha.
  • Máquina  fotográfica
Anúncios

2 respostas em “Equipamento de Trekking – 1ª Parte – Vestuário

  1. Olá Pri, muito bom o seu blog, parabéns! Comecei a acompanhá-la devido a minha busca por informações do Monte Roraima, e essas dicas de roupas e calçados são ótimas, Gostaria de saber sobre os papetes, qual marca você usa, e se recomenda comprar um número maior. E se nos meses de Dezembro e Janeiro é necessário levar as roupas de segunda pele e fleece para o Monte Roraima. Muito obrigada! Ótimas viagens! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s