Morro de São Paulo – Sua História e Como Chegar

Morro de São Paulo

Um pouco de história

Morro de São Paulo é um pedacinho do paraíso que, apesar do nome, não é nem um morro e nem fica em São Paulo. Morro de São Paulo é uma vila, localizada na Ilha de Tinharé, que fica no município de Cairu, na Bahia. Esta região é conhecida como a Costa do Dendê, que fica bem ao sul de Salvador.

Costa do Dendê

A Costa do Dendê é uma região encantadora que vai do rio Jaguaripe, na altura de Valença, e segue até a Baía de Camamu, tendo como o município mais sul o Maraú. Esta costa é rica em praias quase intocáveis com vastos coqueirais e de águas quentes e claras, que, com certeza, concorrem entre as melhores do país, sem contar suas dezenas de ilhas. Na região de Morro de São Paulo , além da própria Ilha de Tinharé, existem as ilhas de Boipeba e de Cairu. Já um pouco mais ao sul, na Baía de Camamu, existem 10 ilhas inexploradas! Isso tudo a poucos kms da capital do Estado, Salvador.

Morro de São Paulo

Na quinta praia de Morro. Perceba nos coqueiras e que estou bem distante da areia, mas maré está super baixa.

Apesar do “boom” turístico de Morro de São Paulo datar de um pouco mais de 20 anos, ele já teve uma grande importância histórica para o país há muitos anos atrás, mais precisamente no século XVI. Em 1531, Martim Afonso de Sousa desembarcou na ilha de Tinharé e, alguns anos depois, foi fundada a Vila de Morro de São Paulo por Francisco Romero (1535), no extremo norte da ilha. Em razão da sua localização estratégica de acesso a Baía de Todos-os-Santos, onde se encontravam o escoamento da produção das grandes riquezas e abastecimento da capital, Salvador, Morro foi cenário de muitos ataques franceses e holandeses durante o período colonial. Por este mesmo motivo, a ilha possui uma extensa fortaleza, o Forte da Ponta, o Farol e uma Igreja.

Desde 1992, a ilha de Tinharé e Boipeba tornaram-se uma área de proteção ambiental (APA) e a conservação ambiental tem sido cada vez mais levada a sério. Hoje em dia é até cobrada uma taxa de R$15,00 por pessoa para ingressar em Morro de São Paulo em nome desta conservação.

Como Chegar em Morro de São Paulo

Dizem que todos os caminhos levam a Roma, então, posso dizer o mesmo de Morro. Existe uma infinidade de formas de chegar até Morro de São Paulo. Vamos a elas:

Avião (Salvador – Morro de São Paulo)

A forma mais rápida e cara de se chegar em Morro de São Paulo é voar até Salvador e no mesmo aeroporto pegar um pequeno avião para Morro com duração de 30 minutos (Telefone: 55 71 3204-1010). O preço desse mimo fica em torno de R$300,00 cada perna. Se tiver dinheiro sobrando, aproveite! Vale o investimento!

Barco (Salvador – Morro de São Paulo)

A forma mais barata e mais desagradável de ir para Morro de São Paulo é pegar um ferry ou um catamarã do Terminal Marítimo de Salvador, que fica em frente ao Mercado Modelo da cidade. A viagem de barco dura 2 horas e custa cerca de R$75,00.

Falo que esta é a opção mais desagradável porque todo mundo que vai de ferry diz que enjoa demais neste trajeto! Mesmo que você não enjoe facilmente em barcos, ao viajar com pessoas passando mal ao seu redor, você vai se arrepender de não ter tomado um remedinho para enjôo. Tomem um Dramin antes de embarcar nesta viagem. A boa notícia é que todo mundo quando chega em Morro diz a mesma coisa: Vale a pena o esforço!.

Os barcos saem a partir das 8h30 até as 13h30 e o ingresso se compra no próprio terminal. É recomendável chegar 30min antes da hora da saída do barco para evitar dor de cabeça e na alta temporada vale reservar com antecedência a sua ida e volta para não ter surpresas.

Terrestre + Lancha (Salvador – Valença – Morro de São Paulo)

Para quem não está disposto a encarar as marolas do mar aberto no catamarã de Salvador para Morro, mas não tem cacife para arcar com um voo de SSA para Morro, a opção é ir até Valença, que é a cidade mais próxima do destino final e de lá pegar uma lancha rápida para o paraíso.

(i) A opção mais óbvia de chegar em Valença é pegar o carro ou ônibus direto (se o seu município tiver esta opção) de onde você estiver em direção a Valença. Foi o que eu fiz, já que eu estava fazendo uma road trip pela Bahia. Eu demorei 2 dias inteiros para chegar do Rio até Valença, foram 1.445 km. Em Valença, estacionei no “Estacionamento do Duduzzão” (telefones para reserva: (75) 3641-5551 e (75) 8103-4539), que cobre R$15,00 a diária de vaga descoberta e R$20,00 coberta e fica a 10 metros do cais. Mas se você não tiver tempo ou disposição para fazer tudo isto, voe até Salvador!

(ii) De Salvador você pode pegar um ônibus direto para Valença. A Viação Águia Branca faz este trajeto uma vez por dia, nos dias de semana, por R$40,41. A viagem dura 4h30.

(iii) Outra opção para você que estiver em Salvador é pegar o ferryboat de Salvador, no Terminal Marítimo, até a Ilha de Itaparica (Terminal Bom Despacho), que custa cerca de R$4,00, leva 30 min e a travessia ocorre a cada uma hora. Do próprio terminal em Itaparica saem regularmente ônibus e vans para Valença. O esquema das vans é “encheu, saiu”. Dura por volta de 2 horas este trajeto e custa cerca de R$15,00 a R$18,00.

Lancha Valença - Morro

Dentro da lancha rápida em Valença, esperando ela partir para Morro de São Paulo

Chegando em Valença, você terá a alternativa de pegar uma lancha rápida, por R$18,00 e que vai te deixar em Morro em 30min, ou ir de barco convencional, por R$9,00 e que vai levar 1 hora e meia. Sobre horários, o esquema das lanchas rápidas pelo o que eu pude notar é “encheu, saiu”. Cheguei, comprei, a lancha já estava no terminal, entrei, esperei mais alguns minutos ela encher e partimos. Foi uma viagem tranquila e nada de enjoos!!!!!

A viagem de Valença é muito mais tranquila do que a que sai de Salvador por um simples motivo: Como é possível ver claramente no mapa, de Salvador para Morro de São Paulo é preciso passar pelo mar aberto, já Valença fica protegida pela Ponta do Curral, que é linda, por sinal, não pegando onda alguma!

A Ponta do Curral me lembrou a versão tropical da aclamada praia Bol, que fica na Croácia e tem chamado a atenção de diversos turistas ao redor do mundo, inclusive nós brasileiros que viajamos horas para encontrar uma coisa bem parecida com o que a gente tem aqui mesmo. 😉

Entrada Morro de São Paulo

Entrada de Morro de São Paulo

Assim, estas são todas as formas de se chegar no paraíso!

Não podemos esquecer que quando se pisa na ilha, há uma cobrança única de R$15,00 por pessoa para ingresso na ilha em função da conservação ambiental.

Pensa que chegou no paraíso? Falta mais uma coisinha… Subi as escadarias que dão acesso a Vila! 😉 Se você estiver muito carregada, existem os “táxis” a disposição no porto, que cobram cerca de R$10,00 para levar sua bagagem até a sua pousada, que não passam de rapazes com carrinho de obra que circulam pela vila pra cima e pra baixo.

Morro de São Paulo

A escadaria que se sobre para chegar na Vila de Morro de São Paulo e a casinha lá embaixo onde se cobra a taxa de conservação de R$15,00.

Leia também:
Morro de São Paulo – O que fazer
Morro de São Paulo – Onde Comer
Morro de São Paulo – Onde se Hospedar
Road Trip Bahia – Resumão

Anúncios

5 respostas em “Morro de São Paulo – Sua História e Como Chegar

  1. Pingback: Road Trip Bahia – Resumão | Pri pelo Mundo

  2. Pingback: Morro de São Paulo – Onde se Hospedar | Pri pelo Mundo

  3. Pingback: Morro de São Paulo – Onde Comer | Pri pelo Mundo

  4. Pingback: Morro de São Paulo – O que fazer | Pri pelo Mundo

  5. Pingback: Tudo sobre Boipeba (e mais um pouco!) | Pri pelo Mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s