NYC – Lower Manhattan + Chinatown e Little Italy

Battery Park

Introdução

Sabe aquele dia que tudo que você planeja não acontece? Então foi este dia da viagem para a gente (eu e meu namorado).

Café do Starbucks

Café do Starbucks

Acordamos, fomos tomar o nosso café da manhã no Starbucks (é o café mais barato que você vai encontrar na cidade) e tivemos a maravilhosa idéia de ir até o sul de Manhattan (até o Baterry Park) de bicicleta pelo Hudson River Park. O dia estava lindo e a vista prometia ser perfeita. Lembramos que há poucos meses atrás Nova Iorque ganhou um sistema de bicicleta similar com a que já temos no Rio, com as nossas Bike Rio (tenho um post falando delas aqui), só que bem mais caras. Enquanto que na Bike Rio se paga R$5,00 por um dia de uso, sendo necessário devolver a bike de hora em hora para não pagar multa, na Citi Bike, se paga US$10,00 por um dia e precisa devolver a bike de 30 em 30 minutos.  Mesmo assim, o custo de uma Citi Bike é bem mais em conta do que um aluguel de bike normal (US$20,00 por 2 horas).

Então, lá fomos nós! Achamos um Citi Bike, que é uma tarefa bem fácil já que existem várias espalhadas pela cidade, e pagamos a nossa diária, mas para a nossa surpresa nós NÃO conseguimos destrancar as bicicletas!!! Na verdade, conseguimos destrancar uma bicicleta, mas não conseguimos destrancar a outra com o código que foi fornecido! Depois de 20 minutos frustrantes, p… da vida e insistindo para uma solução, desistimos e fomos de metrô mesmo… =(  Nota 10 para a bike rio e 0 para a de NYC. Que raivinha… e ainda perdemos o dinheiro! Apesar da minha não tão boa experiência pessoal, ainda acho que descer o Hudson River Park até o Battery Park é uma excelente forma de começar o dia em NYC.

War Memorial

War Memorial

E assim, descemos na estação de metrô South Ferry (1), que te deixa bem na boca do Baterry Park. Fomos até o local mais sul do parque, onde saem as barcas para visitar a Estátua da Liberdade e onde fica o Monumento em Memória de 2ª Guerra Mundial. Decidimos não pegar a kilométrica fila para visitar a ilha da Estátua da Liberdade e nos contentamos com o visual que tínhamos.

Estátua da Liberdade

Continuamos a nossa visita subindo a Lower Manhattan até o Bowling Green, em frente do The Nacional Museum of the American Indian. E foi aí que tivemos a nossa segunda surpresa do dia (mas esta foi boa! rs): nós esbarramos com um grupo que estava começando a sua visita guiada naquele momento. Sendo mais detalhista, vimos um rapaz de camisa vermelha (o guia) super articulado e fazendo várias encenações para explicar a história do nascimento da cidade e fui chegando perto para ver se aprendia alguma coisa e logo reconheci que ele era um guia da equipe SANDEMANs.

O SANDEMAN Tour foi fundado em 2004 na Europa e é muito conhecido por lá. Eles trabalham no seguinte esquema: Você faz um tour de graça, completamente free, e, se tiver gostado, pode dar uma gorjeta no final. Os tours duram cerca de 2 horas, são todos a pé e passam pelas principais atrações da cidade, contando a sua história e importância, sempre com um aspecto informal e criativo. Quando eu viajei pela Europa tive a oportunidade de experimentar alguns tours com eles e adorei (recomendo fortemente a de Berlim).

Assim, não tive dúvida… Perguntei se estava começando e me juntei a eles! Foi ideal! E aprendemos muito com o tour. Tanto que me inspirou para fazer o primeiro post de NYC, contando a história do nascimento da cidade. E quer saber a melhor parte?! O guia era brasileiro (o Mike)!!!! =D

Sandeman Tour

Roteiro do dia

Depois de tanto blá-blá-blá… Aqui vai a minha dica para esta região.

Continuar lendo

Anúncios